No último dia 29/10, o médico Wallace recebeu a equipe do Instituto Ideias para esclarecer algumas dúvidas sobre a saúde da mulher e do câncer de mama.

IDEIAS: Doutor, o que venha a ser câncer?

FAVIERE: O câncer se deve pela proliferação anormal de células normais. Essa proliferação acelerada invade os tecidos, sendo que em um tumor benigno a invasão é lenta.

IDEIAS: E sobre o câncer de mama?

FAVIERE: É o que acomete às mulheres em maior número, ultrapassando o de pele (melanoma) que era o mais comum. O de mama aumentou mais de 35% na última década. Vários fatores contribuíram para isso: como os sociais, alcoolismo, alimentação transgênica, sedentarismo e aumento de peso. Não há uma regra que diz: se você comer isso vai ter aquilo. O importante é ter uma vida saudável; manter o peso ideal; ter uma alimentação saudável; fazer exercícios físicos; e fazer os exames periodicamente recomendados pelo médico (mamografia, ressonância, ultrassonografia).

IDEIAS: E o autoexame?

FAVIERE: O que as pessoas precisam entender é que por trás de uma mama tem uma mulher. Ela conhece o próprio corpo e se algo diferente aparecer, com o toque, ela irá identificar o tumor, que muitas vezes é indolor. Na alteração, ela poderá ter descarga papilar, de líquido incolor ou sangue; vermelhidão na mama; coceira ou eczema no mamilo; inversão do mamilo; e pele com aspecto de casca de laranja. Lembrando, ainda, que os homens podem ter câncer de mama, mas o percentual é bem pequeno.

IDEIAS: Quais os tratamentos disponíveis?

FAVIERE: Temos tratamento hormonal, radioterapia e quimioterapia. Isso depende muito do tipo de tumor que o resultado patológico acusar. Pode ser caso de cirurgia conservadora ou radical (retirada de segmento ou a mama toda). Quanto mais precoce o diagnóstico, menor a probabilidade de mutilação, menor a exposição à radioterapia ou quimioterapia. Além de que, a retirada de uma mama traz sérios problemas emocionais para a mulher. Quanto mais cedo a descoberta do câncer, melhor.

IDEIAS: Qual a relação da amamentação com a prevenção ao câncer de mama?

FAVIERE: As células do duto da mama se tornam maduras na amamentação, e suportam mais os estímulos hormonais. E a mulher amamentando, dá uma pausa na produção do estrogênio, que é responsável pela formação do tumor. Já as mulheres que nunca amamentaram, as células são imaturas. As mulheres têm que periodicamente fazer acompanhamento médico. É bom frisar: passou dos quarenta anos, façam esse acompanhamento anualmente.

IDEIAS: As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) podem causar câncer de colo de útero?

FAVIERE: Sim. Enquanto a mulher estiver em atividade sexual, ela estará propensa a risco de doenças sexualmente transmissíveis. É essencial o uso de preservativos e consultas ginecológicas regulares.